A origem
dos modernos e desejados lofts remonta ao século XIII nos então chamados
hayloft que eram um mezanino nos celeiros, usados para depósito de feno e
também alojamento de empregados temporários das fazendas.
O conceito
urbano de loft ganhou impulso nos Estados Unidos durante o período de recessão econômica
pós quebra da bolsa de Nova York. Galpões abandonados de empresas falidas
tornaram-se opção de moradia principalmente para jovens artistas que neles
também montavam seus ateliês.
Na década
de 60 e 70 os lofts começaram a ganhar status como espaço residencial
diferenciado, carregando ao mesmo tempo os conceitos de alternativo e luxo,
caracterizando um estilo de vida cool.
 
Criado por David
Walentas, este loft é um triplex no topo do edifício de 19 andares construído
em 1915 como sede de uma indústria de papelão e que abriga ainda 129 unidades
de lofts menores.

Com 633 m2 seu
maior charme está nos 4 relógios da torre, agora convertidos em janelas, que oferecem
360º de vista do Brooklin, um dos bairros mais emblemáticos de NY, além de
alguns dos principais símbolos da big Apple, entre eles a Estátua da Liberdade.
Avaliado em
19 milhões de dólares, sua atual moradora é a atriz Anne Hathaway que tem ainda uma outra unidade no nono andar utilizada como closet.
Fontes: Two Trees, Web Urbanist e Dailymail
Fotos:
Corcoran Group