Mobiliário Urbano é uma das minhas paixões e constante tema de pesquisas e estudos. E esse assunto vem ganhando cada vez mais importância com a necessidade de re-humanizar as cidades e trazer o cidadão para ocupar os espaços públicos, até como uma forma de combate à violência, promovendo a integração entre as pessoas.
Em minhas pesquisas na internet encontrei o incrível trabalho do Studio Juju, na China, desenvolvido para o Gardens By The Bay, um parque criado em um aterro marinho de 101 alqueires em Singapura.
Fundado em 2009 em o Estúdio Juju trabalha no design e desenvolvimento de produtos, mobiliário e espaços com uma sensibilidade extra para as interações humanas e soluções focadas na essência e simplicidade.
Essas características são facilmente percebidas nessa série de 8 modelos de bancos para o Gardens By The Bay. Construídos em Balau, uma espécie de madeira de reflorestamento muito comum na Ásia, com perfis e amarrações em metal, os bancos foram projetados para serem resistentes às intempéries do clima tropical e às incontáveis possibilidade de uso no dia-a-dia.
O design segue um vocabulário proposto pelo próprio ambiente e apresenta uma leveza incomum quando se fala de mobiliário público urbano, se destacando e ao mesmo tempo se inserindo na paisagem, sempre de forma convidativa.
O Studio Juju coleciona prêmios e honrarias como o “Designers of the Future”, oferecido em 2011, pela Design Miami. Em 2012, eles foram selecionados como um dos quinze designers para representar os quinze anos de SaloneSatellite, em Milão.

Privacy Preference Center