Projeto do Atelier Nuno Lacerda Lopes, a Casa Paramos reflete o novo conceito
de morar e mostra-se completamente adaptada à vida e aos desejos do homem contemporâneo.

Com espaços generosos distribuídos em 3
pisos, a Casa Paramos tem o espaço social no piso térreo, as áreas privadas no
primeiro andar, e as áreas de apoio e serviço no subsolo.
Assim como
os espaços sociais, o espaço exterior caracteriza-se por sua amplitude,
característica de uma casa contemporânea e desejo do homem do nosso tempo. Isso
se percebe também nos grandes vidros e varandas, estabelecendo o contato com o
exterior.
Volumetricamente,
este projeto apresenta a casa como um jogo. Destaca uma articulação
de volumes, com variações entre superfícies opacas e espelhadas, ajustando o
conteúdo programático em uma composição volumétrica cuidadosa.
São dois momentos
volumétricos distintos unidos pela área de circulação, que é o elemento de
unidade espacial da casa e tema principal na concepção volumétrica. Ao mesmo
tempo que unifica, ela evidência a separação entre os dois volumes.
Arquiteto:
Atelier Nuno Lacerda Lopes
Localização:
Paramos, Espinho, Portugal
Área: 783
metros quadrados

Fonte: ArchDaily

Privacy Preference Center